Por falta de chuva, 6 municípios de MT decretam situação de emergência

0
30321
Foto: Reprodução

Seis municípios de Mato Grosso decretaram, no início deste mês, situação de emergência por causa da estiagem. Segundo informações da Defesa Civil estadual, a falta de chuva nessas cidades tem causado prejuízo aos produtores rurais e à população.

De acordo com a Secretaria de Estado de Cidades (Secid), foi decretada situação de emergência em Água Boa(a 736 km de Cuiabá  ), Canarana (a 838 km de Cuiabá), Cláudia (a 608 km da capital), Guiratinga (a 334 km de Cuiabá), Novo São Joaquim (a 493 km de Cuiabá) e Querência (a 912 km de Cuiabá).

Equipes de Coordenadoria de Resposta e Reconstrução da Defesa Civil já se encontram nas cidades avaliando as perdas sofrida e auxiliando os municípios nos processos de captação de recursos e auxílio humanitário junto ao governo do estado e à União.

O decreto de situação de emergência é emitido pela prefeitura de cada município, homologado pelo governo do estado e tem validade de 90 dias, prazo que pode ser prorrogado por mais 90 dias.

Avaliação
Segundo a Secid, cerca de 20 municípios já foram visitados por equipes da pasta devido à situação precárias ocasiada tanto pelas chuvas intensas quanto pela estiagem. A pasta alega que outras regiões também passam por problemas causados pela seca, mas ainda não fizeram a solicitação para intervenção da Defesa Civil estadual.

Na semana passada, a prefeitura de União do Sul, município a 689 km de Cuiabá, também decretou situação de emergência por causa da falta de chuva na região. Segundo o decreto, publicado na quarta-feira (13) no Diário Oficial do estado, a estiagem provocou perdas significativas nas lavouras e, por consequência, reduziu a arrecadação do município.

DEIXE UMA RESPOSTA